O que é?

Os condilomas são lesões do vírus HPV que se parecem verrugas e costumam afetar o canal anal e a região ao redor do ânus. Toda a região vizinha ao ânus – nádegas, virilha, períneo e região genital – pode ser acometida.

Quais as causas?

O condiloma é considerado uma doença sexualmente transmissível, resultado da transmissão do HPV por contato íntimo.

Quais os sintomas?

O sintoma mais comum é a coceira. Dor e sangramento podem também aparecer. Alguns pacientes podem ser assintomáticos, apenas percebendo as lesões durante a higiene. Em certos casos, a infecção é assintomática e imperceptível.

Como é diagnosticado?

O diagnóstico costuma ser feito com a consulta e o exame médico. Em alguns casos pode ser necessário retirar “pedaços” – biópsias – para estudo anatomopatológico e confirmação da doença.

Existe ainda o risco das lesões se apresentarem apenas em canal anal, diagnosticadas durante a consulta médica, com a realização de exames específicos.

Qual o tratamento?

O tratamento é muito importante, pois as lesões não tratadas podem espalhar e crescer, e alguns tipos de vírus estão relacionados com câncer na região anal.

A melhor escolha de tratamento depende da quantidade e tamanho das lesões, tratamento prévio, doenças de base. Tratamentos com medicações aplicadas localmente ou eletrocauterização em centro cirúrgico são opções a serem discutidas com seu médico.

Como prevenir?

A prevenção ocorre evitando contato com o vírus, usando preservativos, e realizando vacinação contra o HPV.

A vacinação protege contra os subtipos de HPV mais comuns e relacionados ao câncer, podendo diminuir o reaparecimento das lesões globalmente nos pacientes já acometidos pela doença.

*****

avatar de Alvaro Steckert Filhoavatar de Juliana Stradiotto Steckert
Conteúdo por Alvaro Steckert Filho (CRM-SC 18816) e Juliana Stradiotto Steckert (CRM-SC 11782)