6 dicas para não exagerar na hora de comer

A obesidade é uma doença multifatorial, ou seja, ocorre por diversos motivos. Um deles é o consumo excessivo de calorias. Muitas pessoas têm tendência a buscar mais por alimentos calóricos e hiperpalatáveis, sendo mais difícil exercer o autocontrole.

Será que existe uma forma de tentar não exagerar na comida? Hoje no Dia Mundial da Obesidade, 4 de março, a nutricionista do Gastro Medical Center, Caroline Faé, traz algumas dicas:

  1. Identificar quais motivos que levam você a comer de forma exagerada: O primeiro passo é se conhecer. Parar para refletir sobre como estava se sentindo antes do episódio de exagero, se estava tentando resolver algum problema através da comida, e se isso resolveu o problema ou acabou com a sua angústia. Sempre teremos problemas para resolver, e é normal que nos deparemos com momentos de tristeza; isso não deve ser evitado, entretanto, é importante pensar em formas de lidar com essas situações sem recorrer ao alimento. Buscar ajuda terapêutica contribui demais nesse processo de autoconhecimento e na identificação de possíveis gatilhos e estímulos que possam culminar em episódios de exagero alimentar.

  1. Saber quais são seus objetivos e estabelecer metas reais: Por que você deseja evitar esses episódios de exagero? O que você ganhará ao melhorar seu autocontrole? Saber de cada um desses benefícios é importante. Por exemplo: evitando o exagero alimentar, conseguirei emagrecer e, consequentemente, me sentirei melhor comigo mesmo, terei mais saúde e fôlego para as atividades rotineiras, por exemplo. Outro ponto importante é estabelecer metas pequenas ou de curto prazo: em vez de ter como meta emagrecer 15kg, pense em praticar exercícios físicos três vezes por semana, aumentar a ingestão de água e fibras, e consumir menos alimentos ultraprocessados.

  1. Evitar passar muito tempo sem se alimentar: A maior parte das pessoas tende a comer exageradamente quando fica um longo período sem se alimentar. Se você percebe que chega em casa no fim do dia faminto, e sente que não consegue escolher com calma uma boa refeição, pois se sente desnorteado de tanta fome, talvez seja bom sempre ter por perto opções pouco calóricas para dar uma acalmada na fome, como frutas, iogurte e oleaginosas. Atenção: a ideia não é ficar beliscando o tempo todo, mas, sim, comer uma pequena porção para não chegar desesperado de fome na próxima refeição, correndo risco de consumir muitas mais calorias do que o necessário.

  1. Planejamento: Dando continuidade à dica anterior, o planejamento é essencial para uma alimentação saudável. Sabe que vai para um evento ou local que é repleto de alimentos calóricos e super palatáveis? Organize-se e não vá de estômago vazio: uma pequena refeição com vegetais e proteínas ajuda você a não chegar com a barriga roncando. Ter refeições prontas em casa, ou alimentos pré-preparados também contribui para que você não passe pelo primeiro drive-thru no caminho de casa.

  1. Organize o ambiente: Um dos fatores que predispõem o ganho de peso é a influência que o ambiente exerce no indivíduo.  Já aconteceu de você não estar com fome, nem com muita vontade de comer doce, mas ingerir uma boa porção de chocolate apenas porque estava disponível? Identifique quais alimentos costumam levar a um episódio de exagero alimentar, e evite ter por perto. Prefira comprar porções individuais, ou compre apenas quando realmente estiver com muita vontade de consumir tal alimento.

  1. Preste atenção no que estiver comendo: Já aconteceu de você colocar uma série para assistir, ou ficar olhando alguma rede social enquanto fazia uma refeição e, de repente, o prato esvaziou e você nem sequer lembra de ter sentido o gosto da comida? Essas distrações podem prejudicar o controle da quantidade de comida consumida. Evite fazer outras atividades enquanto come, e concentre-se em mastigar bem, sentindo o sabor e a textura da comida.

Para finalizar, uma observação importante: transtorno alimentar é diferente de exagero alimentar. Se você sente que perde completamente o controle e chega a comer qualquer coisa em uma quantidade muito grande, procure ajuda com um médico psiquiatra e um psicólogo.

**************************

Gastro Medical Center

 

Telefone: (48) 3030 2930

Whatsapp: (48) 3030 2930

E-mail: atendimento@gastromedicalcenter.com.br

Website: gastro.floripa.br

 

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento

.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho – CRM/SC 7843 – RQE 6243

Conteúdo meramente informativo, não devendo ser
utilizado para realizar diagnósticos ou tratamentos.
Consulte um médico em caso de dúvidas.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho
CRM/SC 7843 RQE 6243
Feito para você de ❤ Políticas de privacidade