A Retocolite Ulcerativa (RU) é uma das Doenças Inflamatórias Intestinais que recebe destaque na campanha Maio Roxo. O gastroenterologista do Gastro Medical Center, Otávio Marcos da Silva, esclarece as principais dúvidas sobre a enfermidade.

1.O que é a Retocolite Ulcerativa?

É uma inflamação da mucosa do intestino. Geralmente envolve o reto, mas pode se estender para outras partes do intestino. A média de idade dos pacientes varia entre 15 a 25 anos, afetando igualmente homens e mulheres de qualquer grupo étnico. Cabe ressaltar que os homens têm maior chances de diagnóstico para a RCU entre os 60 a 70 anos.

2. Como a doença se apresenta?

Diarreia é o principal sintoma e frequentemente pode estar associada a sangue nas fezes que podem ir e vir com o tempo.  Outros sintomas também podem estar presentes como cólica abdominal, urgência fecal, cansaço e perda de peso.

3. Como saber se tenho RCU?

Por não se saber o que provoca a RCU, o médico tem mais dificuldade em afirmar se o paciente tem predisposição à doença. Mas é importante frisar que a Retocolite Ulcerativa não é uma doença contagiosa e nem é provocada pela ingestão de alguma comida ou bebida. Para fazer o diagnóstico, o médico precisa de uma boa conversa com o paciente para conhecer seus sintomas e avaliar se é compatível. Na suspeita seguirá a investigação com exames de sangue e biópsias na colonoscopia.

4. Qual é o tratamento?

A RCU é uma doença crônica, ou seja, não tem cura, mas pode ter sintomas controlados com tratamento adequado e acompanhamento médico, o que garante ao paciente adaptar-se à doença e assim, manter a rotina de atividades que tinha antes de fazer o diagnóstico.  Por isso, o tratamento varia de acordo com cada paciente. Quem tem a doença de forma mais leve e restrita ao final do intestino tem opções de tratamento com medicações do tipo supositório ou enema. Para doenças moderadas a graves geralmente é necessário tratamento com medicações mais fortes que variam desde medicações via oral até medicações injetáveis.

Quando o paciente responde bem ao tratamento e segue as orientações do médico que o assiste, as chances de ter que ser operado reduzem significativamente. Os dados apontam que entre 25 a 33% dos pacientes com RCU precisam de cirurgia em algum momento do tratamento.

O tratamento pode incluir uma dieta específica para reduzir muitos sintomas, como por exemplo, baixar o consumo de sal e temperos mais picantes, limitar o consumo de fibras, reduzir o consumo de gorduras e frituras e cortar os produtos lácteos. Caso o paciente tenha deficiência de vitaminas ou emagreça muito, o médico pode indicar uma dieta mais calórica.

Mas não é só isso. Os tratamentos disponíveis são muito eficientes e podem controlar a RCU e até mesmo provocar a remissão porque agem diminuindo a inflamação na parede do cólon. Também ajuda a aliviar os sintomas de diarreia, sangramento retal e dor abdominal. O retorno de crises após o período de remissão pode indicar a necessidade de mudar a dose, a frequência ou o tipo de remédio. A melhor maneira de controlar a RCU é tomar a medicação e manter vigilância da doença com o acompanhamento médico.

5. Como prevenir a Retocolite Ulcerativa?

A causa da doença é desconhecida e não há uma forma de prevenção definida. Hábitos alimentares, controle do stress e os fatores emocionais são hipóteses estudadas. Vale salientar que quanto antes diagnosticado o problema, melhores os resultados do tratamento. Vale lembrar que esse é um produto educativo e não substitui uma consulta. Quaisquer sintomas citados que sejam persistentes devem ser investigados por um médico.

**************************
Gastro Medical Center

Telefone: (48) 3030 2930
Whatsapp: (48) 3030 2930
E-mail: atendimento@gastromedicalcenter.com.br
Website: gastro.floripa.br

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho – CRM/SC 7843 – RQE 6243

Conteúdo meramente informativo, não devendo ser
utilizado para realizar diagnósticos ou tratamentos.
Consulte um médico em caso de dúvidas.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho
CRM/SC 7843 RQE 6243
Feito para você de ❤ Políticas de privacidade