O Dia do Médico Gastroenterologista, 29 de maio, coincide com o dia das ações de prevenção e alerta à saúde digestiva em todo o mundo. Parabenizamos todos profissionais pela data, especialmente o Gastroenterologista do Gastro Medical Center, em Florianópolis, Nelson Silveira Cathcart Junior, que esclarece como cuidar do sistema digestivo, vital para a saúde do ser humano.

Este sistema que já inicia seu processo de digestão na boca, dando sequência ao passar pelo estômago, torna capaz a absorção dos nutrientes por nós ingeridos graças ao intestino (delgado e grosso) e órgãos como pâncreas, vesícula biliar e fígado. Nos últimos anos foram ampliadas outras funções do aparelho digestivo, seja tanto pelo reconhecimento, como um “segundo cérebro” (haja vista o alto número de terminações nervosas ligadas a este sistema), quanto pelo papel desempenhado pela flora intestinal (e seus trilhões de microorganismos), que pode ter em relação direta a outras doenças crônicas como cardiovasculares e psiquiátricas, por exemplo.

Nelson alerta que cuidar da saúde digestiva, claramente envolve medidas como uma boa alimentação, prática de atividade física, além de evitar exposição a agentes e hábitos nocivos como tabaco, álcool, vírus (como HPV e hepatites B e C), bactérias, parasitas e dentre outros.

“O abuso de bebida alcoólica e cigarro por exemplo são fatores de risco a praticamente todas as neoplasias deste sistema, desde boca, esôfago, estômago, pâncreas, intestino por exemplo, além de serem etiológicos diretos para úlceras, pancreatites aguda e crônica, além de cirrose. A bactéria H.pylori, que tão comumente infecta a mucosa gástrica, foi reconhecida como patógeno ligado ao câncer de estômago e úlceras, enquanto verminoses podem causar sangramento, desnutrição e até obstrução de nossas vísceras abdominais”, explica.

Engana-se quem avalia que apenas maus hábitos são os únicos responsáveis por este sistema adoecer. Doenças autoimunes, nas quais o sistema de defesa do corpo fica “desregulado e muito ativado”, acabam causando danos a estes órgãos. Como exemplo destas doenças estão a Retocolite Ulcerativa e a Doença de Crohn, além da hepatite e pancreatite autoimune.

“Como na maioria das doenças, o ideal é sempre prevenir com hábitos saudáveis, mas a realização de exames como a endoscopia e colonoscopia são essenciais, mesmo que o paciente não apresente nenhum sintoma. “Esperar aparecer sintomas para procurar o médico pode ser indicativo de tratarmos uma doença em estágio mais avançado e com tratamentos mais intensos até alcançarmos a cura ou garantir qualidade de vida adequada ao paciente. Desta forma, procure os especialistas do aparelho digestivo como gastroenterologista, coloproctologista e hepatologista e veja de que forma você pode cuidar melhor da saúde digestiva”, orienta Nelson Cathcart Jr.

**************************
Gastro Medical Center

Telefone: (48) 3030 2930
Whatsapp: (48) 3030 2930
E-mail: atendimento@gastromedicalcenter.com.br
Website: gastro.floripa.br

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho – CRM/SC 7843 – RQE 6243

Conteúdo meramente informativo, não devendo ser
utilizado para realizar diagnósticos ou tratamentos.
Consulte um médico em caso de dúvidas.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho
CRM/SC 7843 RQE 6243
Feito para você de ❤ Políticas de privacidade