Pelo menos 10 milhões de pessoas em todo o mundo convivem com Doenças Inflamatórias Intestinais (DII) e hoje, 19 de maio, foi a data escolhida para promover a conscientização sobre essas doenças. Com mais destaque entre as DIIs estão a Doença de Crohn e a Retocolite Ulcerativa, doenças crônicas que inflamam o trato gastrointestinal. A maioria das pessoas que desenvolvem DII é diagnosticada antes dos 30 anos. Outras não desenvolvem a doença até os 50 ou 60 anos.

Ainda não há uma explicação para o surgimento das DIIs, mas de acordo com a médica coloproctologista do Gastro Medical Center, em Florianópolis, Juliana Stradiotto Steckert, há uma tendência de que “pessoas menos expostas a infecções na infância ou condições anti-higiênicas, percam microrganismos potencialmente ‘benignos’ ou não desenvolvam um repertório imune suficiente porque não tiveram contato com organismos agressivos”, esclarece.

As DIIs afetam de maneira significativa a qualidade de vida dos pacientes, tendo em vista que sintomas como diarreia crônica, dor abdominal recorrente, anemia crônica e fadiga atrapalham a convivência familiar e social, o desenvolvimento profissional e interferem na vida sexual.  

“Pacientes com DIIs podem ter deformidades como fístulas e outros tipos de lesões que não afetam somente o intestino. São diagnosticados também problemas oculares, articulares, de pele, aftas orais, de vias biliares, fígado e dificuldades de ganho de peso, situação que abrange 30% dos portadores da inflamação”, explica Juliana.

Outra informação importante é que pacientes com DIIs têm maior risco de câncer colorretal e após oito ou 10 anos do diagnóstico, é recomendada a realização periódica de colonoscopia.

O número de novos casos tem aumentado no Brasil e por isso a necessidade de divulgar a campanha Maio Roxo com bastante intensidade para que seja cada vez melhor feita a diferenciação de diagnóstico de DIIs de diarreias crônicas, dores abdominais entre outros sintomas.

Retorne algumas postagens e confira o que já falamos sobre a Retocolite Ulcerativa. Nos próximos dias vamos falar sobre a Doença de Crohn. É bom sempre reforçar que todo o material que publicamos nesse espaço é meramente educativo.  Consulte o seu médico se tiver uma alteração persistente nos seus hábitos intestinais ou se tiver algum dos sinais e sintomas de DIIs. 

**************************
Gastro Medical Center

Telefone: (48) 3030 2930
Whatsapp: (48) 3030 2930
E-mail: atendimento@gastromedicalcenter.com.br
Website: gastro.floripa.br

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho – CRM/SC 7843 – RQE 6243

Conteúdo meramente informativo, não devendo ser
utilizado para realizar diagnósticos ou tratamentos.
Consulte um médico em caso de dúvidas.

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho
CRM/SC 7843 RQE 6243
Feito para você de ❤ Políticas de privacidade